Compartilhe:

150 profissionais capacitados no curso de cuidados paliativos. Confira como foi!

Executado através do Pronon, o projeto possibilitou o investimento em educação continuada para atualização e qualificação dos profissionais de saúde com impacto direto na melhoria da qualidade dos serviços oferecidos aos pacientes oncológicos e na intensificação do atendimento em rede pela atenção oncológica.

Neste mês foi concluído o curso de “Capacitação multidisciplinar em cuidados paliativos para melhoria do atendimento de pacientes oncológicos no contexto do sistema único de saúde (SUS)”, promovido pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição através do PRONON – Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica. A Amurel, Tubarão (Santa Catarina), foi contemplada com 150 vagas na área, sendo 50 para os colaboradores do HNSC e 100 para a rede de atenção oncológica da região, permitindo aos municípios atuar com mais segurança, humanização e eficiência, fortalecendo a sua rede de assistência. A cerimônia de encerramento aconteceu no Senac e contou com a participação de autoridades e convidados da região.

O curso livre foi destinado a profissionais da área da saúde de níveis médio, técnico e superior dos diversos pontos da rede de atenção oncológica da região, com o objetivo de aprofundar seus conhecimentos e desenvolver competências no atendimento a pessoas em cuidados paliativos. Ele teve a duração de seis meses e abordou mais de 10 disciplinas direcionadas aos principais assuntos e temas sobre cuidados paliativos no paciente oncológico.

Segundo a coordenadora do curso, Ariane Scotti de Almeida, o projeto possibilitou o investimento em educação continuada para atualização, adequação e qualificação da equipe multidisciplinar com impacto direto na melhoria da qualidade dos serviços oferecidos a estes pacientes e na intensificação do atendimento em rede pela atenção oncológica. “A qualificação da equipe vai proporcionar um atendimento mais assertivo, com excelência, qualidade, humanização e segurança, oferecendo mais qualidade de vida e garantia dos diretos dos pacientes”, ressalta.

“Possibilitará, ainda, o acompanhamento da doença com conhecimento científico, uma vez que durante a formação acadêmica o tema não é aprofundado de maneira a garantir a eficiência da prática assistencial, necessitando, assim, de especialização na área”.

O Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) foi criado pelo Ministério da Saúde para incentivar ações e serviços desenvolvidos por entidades, associações e fundações privadas sem fins lucrativos que atuam no campo da oncologia. O objetivo do programa é ampliar a oferta de serviços e expandir a prestação de serviços médico-assistenciais, apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de recursos humanos em todos os níveis e realizar pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas. A partir dele, vários projetos ligados à prevenção, ao tratamento e à cura do câncer são beneficiados em todo o Brasil, por meio da destinação de imposto de renda de pessoas físicas e jurídicas – são as chamadas doações incentivadas. O projeto contou com a doação incentivada de seis empresas e três pessoas físicas, que acreditaram neste grande propósito e reafirmaram seu papel de responsabilidade social perante a sociedade.

Dr. John Doe 2
Dr. John Doe 2
Endocrinologista
CRM - 67890

Faculdade de graduação

Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2012

Pós-Graduação

Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2013
Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2015
Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2018

Áreas de foco científico

Doenças Crônicas e Cirurgia Metabólica

Outros destaques

Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2017
Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2018

Dr. John Doe
Dr. John Doe
Endocrinologista
CRM - 12345

Faculdade de graduação

Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2012

Pós-Graduação

Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2013
Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2015
Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2018

Áreas de foco científico

Doenças Crônicas e Cirurgia Metabólica

Outros destaques

Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2017
Lorem Ipsum Dolor Sit Amet – 2018

Artigos relacionados

Cuidados paliativos no tratamento oncológico

9° Congresso Todos Juntos Contra o Câncer: equipe de oncologia do Hospital Santa Catarina – Paulista apresenta um painel especial sobre o tema “Oncogenética”

NOVEMBRO AZUL: campanha de prevenção, conscientização e combate ao câncer de próstata

150 profissionais capacitados no curso de cuidados paliativos. Confira como foi!

Hospital São José organizou o “Trenzinho da saúde” em Teresópolis

Histórias de alta – A importância do diagnóstico precoce